Ser uma aula divertida, que queima calorias e tonifica os músculos está entre os benefícios do Jump.

Saiba nesse post por que dar pulinhos em uma cama elástica pode trazer muitas vantagens para a sua saúde, beleza e bem-estar.

Qual o benefício do jump para o corpo?

Antes de mais nada, vamos contar um pouco sobre o Jump que, em inglês, significa pular. Esses exercícios realizados numa mini cama elástica, ou melhor, em um minitrampolim, vão proporcionar mais benefícios do que se imagina.

O Jump é caracterizado por exercícios realizados ao som de música, que alternam tanto movimentos aeróbicos quanto localizados.

Só para se ter ideia, foram esses movimentos que a NASA escolheu para os astronautas para que recuperassem a massa muscular e densidade óssea após retornarem do espaço.

O que é ocorre é que pular envolve um trabalho na maioria dos músculos do corpo e os movimentos vão ajudar a tonificá-los.

Além disso, o movimento também vai ajudar a aumentar a circulação sanguínea e oxigenação pelo corpo, que poderá até mesmo prevenir certas doenças.

Então quem pensa em se divertir como uma criança na época que pulava corda e ainda garantir os múltiplos benefícios do trampolim jump?

Conheça os benefícios do jump para a saúde:

1 – É divertido e dinâmico

Com o estímulo de música, uma aula de jump vai reunir movimentos variados, como coreografias ou corridas estáticas. Bastante dinâmica e divertida, a aula tem exercícios de resistência alternados com os localizados, mas sempre em um clima de muito alto astral.

2 – Jump emagrece

Por ser um exercício aeróbico intenso, o Jump vai promover um alto gasto calórico. Em uma aula de cerca de 50 minutos, é possível queimar 600 calorias ou mais, de acordo com a intensidade que os movimentos são praticados.

Quando uma pessoa pula diversas reações ocorrem internamente no corpo para favorecer a queima calórica. A consequência é que o Jump emagrece.

Segundo um estudo publicado pelo Journal of Applied Physiology da NASA, o Jump é mais eficiente que a corrida para a perda de peso.

3- Aumenta a circulação de oxigênio

Além dos benefícios do Jump para emagrecer, a intensidade da aula vai promover uma oxigenação maior dentro do corpo. Essa ação vai garantir um aumento da energia celular.

Durante os exercícios, a demanda de oxigênio aumenta e com isso o praticante ganha também o desenvolvimento do sistema respiratório.

4 – Melhora a capacidade cardiovascular

Por proporcionar um aumento da oxigenação e da circulação sanguínea, o Jump também vai melhorar a aptidão cardiovascular.

Esse benefício pode ser percebido nas atividades diárias que serão realizadas após o praticante começar suas aulas de Jump. As tarefas ficarão bem mais fáceis porque o praticante vai ganhar mais agilidade e vai se sentir menos cansado.

5 – Define a musculatura

Além de fortalecer a musculatura dos membros inferiores, como coxas e panturrilhas, o Jump também está entre os ótimos exercícios para glúteos. Além disso, essa aula também proporciona um grande trabalho de isometria que vai ajudar na definição muscular do abdômen, que vai atuar como estabilizador durante os movimentos.

6 – Fortalece assoalho pélvico

Entre os benefícios do Jump, os saltos na cama elástica vão proporcionar um trabalho intenso no núcleo profundo do corpo (core) e isso vai se refletir no assoalho pélvico.

Alguns estudos internacionais demonstram que o Jump pode ajudar, inclusive, a reduzir incontinência urinária.

7 – Trabalha a coordenação motora

Dar saltos na cama elástica para exercício na academia vai ajudar também que o praticante se concentre nos movimentos dos seus pés e na postura. Isso vai favorecer um aprimoramento da coordenação motora.

Além disso, pelo fato de o minitrampolim ser uma superfície instável, o praticante do Jump também vai melhorar muito o próprio equilíbrio porque os exercícios vão estimular também o vestíbulo do ouvido médio.

8 – Aumenta o fluxo linfático

Entre os benefícios do Jump, os movimentos da modalidade podem estimular o sistema linfático, que está presente em uma rede de tecidos e órgãos, que vão ajudar o corpo a se livrar de resíduos, toxinas e células mortas.

Há estudos que demonstram que uma aula de Jump funciona como uma sessão de drenagem linfática porque aumenta em até 30 vezes a circulação do fluido linfático, que depende da movimentação do corpo.

9 – Aumenta imunidade e a desintoxicação do corpo

Quando o corpo está com mais fluido linfático circulando, uma boa liberação de toxinas acontece e, portanto, o corpo estará se desintoxicando de substâncias que não são necessárias.

Essa desintoxicação também vai contribuir com um fortalecimento do sistema imunológico.

10 – Reduz celulite

O Jump é como se fosse toda uma rede integrada que vai promover uma sequência de benefícios ao corpo.

Com uma maior remoção das toxinas, o Jump também vai favorecer a diminuição da celulite e do inchaço da retenção de líquidos. A queima calórica também vai promover uma eliminação de gordura.

Além disso, a contração muscular promovida pelo exercício vai promover uma compressão em direção aos vasos linfáticos e a bexiga é acionada. Por isso, muitas vezes, as pessoas sentem vontade de fazer xixi após as aulas.

11 – Não sobrecarrega as articulações

O minitrampolim do Jump é mais firme e favorece um salto melhor em comparação às camas elásticas maiores. Além disso, como a superfície elástica também cede no momento da aceleração e da desaceleração do movimento de pular, o Jump pode eliminar até 80% do impacto nos joelhos, quadris e tornozelos, no momento da aterrissagem na volta do salto. Só por isso, as articulações já sofrem menos e o risco de lesões é menor.

12 – Ajuda no efeito de outros exercícios

Muitos estudos já comprovaram que praticar Jump também ajuda no efeito de outros exercícios, como o ciclismo e a corrida, justamente porque melhora o condicionamento cardiorrespiratório, melhora a postura, coordenação motora e o equilíbrio.

13 – Melhora aspectos cognitivos

De acordo com o Jump Rope Institute, pular auxilia no desenvolvimento dos hemisférios esquerdo e direito. Assim, os praticantes conseguem aumentar a consciência espacial, aumenta a capacidade de memória e leitura, além de tornar a pessoa mais alerta.

14 – Promove fortalecimento ósseo

Os saltos vão promover pequena pressão sobre os ossos e esses movimentos vão ajudar a fortalecê-los. Por isso, é muito indicado para quem quer prevenir problemas ósseos.

Segundo estudos de cientistas japoneses, com esse exercício realizado de forma regular pode ocorrer o fortalecimento da densidade óssea em 24 semanas.

Porém, vale lembrar que se a pessoa já tem osteoporose, ou seja, está com ossos fracos, pode não ser indicado. É preciso pedir uma autorização médica para praticar.

15 – Melhora o estresse

Os exercício de Jump também podem promover uma melhoria do estresse. Como a prática também promove uma estabilização do sistema nervoso, porque induz à liberação de serotonina, também pode ajudar a minimizar quadros de depressão.

Confira também: Aula de Jump

Benefícios e malefícios do Jump?

Como já se viu, há vários benefícios do Jump, porém, não se pode dizer que há malefícios.

O que ocorre é que algumas condições físicas de saúde não favorecem a prática desse exercício, como a gravidez, labirintite, problemas em articulações dos joelhos, quadris e tornozelos, doenças cardíacas e problemas na coluna.

Deixe um comentário

Digite seu comentário
Por favor, digite seu nome